A carregar
A carregar

Fim do sonho

Por: LSC   |   28-04-2018  |  Futebol   |  
  |  
  |     |  

Entrada em falso na partida da turma leixonense na partida, a deixar o Nacional chegar à vantagem bem cedo, estavam decorridos 4 minutos de jogo. A turma do Mar equilibrou e foi subindo no terreno, jogando de igual para igual contra o primeiro classificado da Ledman Liga Pro. Luís Silva, teve no pé esquerdo uma boa oportunidade, num remate de longe a sair perto do alvo. Aos 40 minutos, Kukula a obrigar Daniel a uma grande defesa, negando o golo após um cabeceamento, ao avançado cabo-verdiano do Leixões.
A cair o último minuto dos descontos da primeira parte, golo anulado ao Leixões. Centro para a área com o guarda-redes do Nacional a socar a bola, no meio de Ricardo Barros e um defesa do Nacional, bola a sobrar para a entrada da área com Bruno Lamas a rematar para o fundo das redes. Falta marcada por falta sobre o guarda-redes num lance que nada existe. Erro grosseiro com claro prejuízo para o Leixões.

Boa entrada da turma do Mar no segundo tempo, com Kukula a pôr em sentido Daniel, após livre da direita o cabeceamento saiu, um tudo ou nada, por cima. Aos 60 minutos, mais uma grande oportunidade, Bruno Lamas de livre direto com Daniel a fazer mais uma grande defesa. Aos 67 minutos, entrada pela direita com cruzamento para Ricardo Gomes, novamente liberto de marcação, cabecear e fazer o segundo golo do Nacional. Mais uma grande oportunidade para o Leixões, Sancidino a meias com Ricardo Barros a cabecear, com a bola a sair a centímetros da barra. Mesmo a perder o Leixões nunca abdicou do ataque e tentou sempre chegar ao golo. O Nacional, que em nada foi superior à turma do Mar, foi mais feliz e teve em Ricardo Gomos, o homem golo que fez a diferença.

Aos 80 minutos, livre de Bruno Lamas com Ricardo Alves a desviar para o fundo das redes. Parecia relançada a partida, mas dois minutos depois mais um erro da equipa de arbitragem, segundo cartão amarelo para Derick, num lance de falta mas que não merecedor de cartão. Impressionante os critérios, das equipas de arbitragem, contra o nosso clube. É urgente a entrada do vídeo-árbitro na segunda liga. Ainda tentamos tudo, mesmo a jogar com 10, e mesmo ao cair do pano, Sancidino, após uma bola ganhar pelo guarda-redes Tony na área do Nacional, rematou para grande defesa do guarda-redes insular.

Resultado que penaliza o Leixões e deixa a nossa equipa praticamente arredada da luta pela subida (resultados de amanhã podem já deixar a nossa equipa de fora). De enaltecer a grande entrega e atitude demonstrada em campo, mesmo contra todas as adversidades evidenciadas nas últimas jornadas, que tanto penalizaram a nossa equipa. Fica um sentimento que não nos deixaram fazer mais.

Ficam a faltar duas partidas para finalizar a época e a nossa equipa tudo vai fazer para honrar e dignificar este símbolo centenário.

Obrigado aos melhores adeptos do mundo. No próximo fim-de-semana, ainda em horário a anunciar voltamos ao Mar para o jogo de despedida desta época. Vamos encher o Estádio do Mar e mostrar todo o nosso apoio à nossa armada do mar.